Dia Internacional da Mulher Negra Latinoamericana e Caribenha

0
56

Em Santo Domingo, na República Dominicana, com a realização do 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, e, em consequência, a criação da Rede de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, em 1992, foi definido o dia 25 de julho como Dia Internacional da Mulher Negra Latino americana e Caribenha.
A data foi em homenagem a Tereza de Benguela, uma líder quilombola que viveu durante o século 18. Com a morte de seu companheiro, Tereza se tornou a rainha do quilombo, e, sob sua liderança, a comunidade negra e indígena resistiu à escravidão por duas décadas, sobrevivendo até 1770, quando Teresa foi morta em uma emboscada e o quilombo, destruído.
A rede de mulheres foi criada com o objetivo de pressionar a Organização das Nações Unidas (ONU) a assumir a luta contra as opressões de raça e gênero.
Assim como Tereza, existem milhares de mulheres com trabalhos impecáveis e, principalmente, com uma perseverança exemplar, lutando para deixarem um legado, cabendo a nós reverenciarmos, visibilizarmos e valorizarmos a emancipação das mulheres negras.
Bernardeth Martins
Presidente da BPW Brasilia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here